Livros

Informações detalhadas sobre livros de História, além de fotos e resenhas dos livros. Só fazemos a disponibilização do download quando o livro está em domínio público. Não vendemos livros!

As Sete Maravilhas Do Mundo

Livros > Antiguidade Geral  |  827 visualizações

Salvar nos favoritos
Minhas anotações de leitura

leia no Google Docs

Fotos dessa edição do livro

Veja no Google Fotos

Análise do livro

Esse é um livro curto, de caráter bem introdutório, que encontrei enquanto vasculhava as estantes da biblioteca municipal da minha cidade. Nunca tinha ouvido falar nele, mas como estou estudando as civilizações da antiguidade no momento, decidi dar uma conferida.

A obra fala não de sete mais de oito maravilhas do mundo antigo. Na introdução há um esclarecimento: Em algumas versões dessa lista, o Farol de Alexandria é substituído pelas Muralhas da Babilônia. Logo, nesse estudo se escolheu mostrar os dois. Criando um total de 8 maravilhas, que são as seguintes:

  • Pirâmides do Egito
  • Muralhas da Babilônia
  • Jardins suspensos da Babilônia
  • Mausoléu de Halicarnasso
  • Estátua de Zeus no Templo de Olímpia
  • Templo de Artemis em Éfeso
  • Colosso de Rodes
  • Farol de Alexandria


O livro também traz, logo nas primeiras páginas, um mapa que permite localizar os monumentos no mundo antigo.

A obra traz textos curtos, e embora alguns autores antigos sejam citados, o trabalho de referências de informações é péssimo e a obra não possui qualquer tipo de bibliografia.

O livro está repleto de ilustrações, são 44 no total. Poucas são corretamente identificadas, e a obra também peca pelo fato de apresentar ilustrações, majoritariamente, do período renascentista e posterior. Um trabalho que tivesse por propósito apresentar uma visão mais crítica, iria buscar apresentar ilustrações mais modernas, feitas por historiadores baseados em pesquisas recentes. Uma busca pelo nome dos monumentos no Google Imagens, produz imagens muito mais interessantes do que as presentes nessa obra.

As ilustrações mais utilizadas são as do arquiteto austríaco Johann Bernhard Fischer von Erlach (1656-1723), que tinha um tendência de romanizar demais os desenhos das construções, em parte pela própria ignorância que existia em sua época sobre a arquitetura da antiguidade. Uma pesquisa pelo nome dele no Google, irá retornar todas as suas obras relativas às maravilhas da antiguidade.

Abaixo você confere a imagem escolhida para ser a foto de capa dessa obra:

Tapeçaria do Século 17 mostrando o Colosso de Rodes. Museu dos Gobelins, Paris.

Como já deixei claro, essa é uma obra puramente introdutória. Fiz uma pesquisa e descobri que existem outras obras bem mais robustas sobre essa temática:

A editora Ediouro tem um livro produzido por Peter A. Clayton e Martin J. Price com 256 páginas, lançado em 2003 no Brasil, veja detalhes aqui. E a editora Melhoramentos publicou em 1996 uma obra de 256 páginas, de autoria de John Romer, veja detalhes aqui. Com certeza irei dar uma conferida nessas obras no futuro.

Mesmo com todas as minhas críticas, a obra não é de todo ruim. E o fato de ser curta (apenas 51 páginas) permite que seja lida em apenas algumas horas. Logo, pode ser considerada uma leitura minimamente interessante para o público iniciante no tema.

Resenha publicada em 29/09/2018.

Foto do membro da equipe: Moacir Führ

Escrita por

Moacir Führ

Moacir tem 34 anos e nasceu em Porto Alegre/RS. É graduado em História pela ULBRA (2008-12) e é o criador e mantenedor do site Apaixonados por História desde 2018.


Mais livros sobre Maravilhas do Mundo Antigo

John Romer, Elizabeth Romer

As Sete Maravilhas do Mundo

Peter A. Clayton, Martin J. Price

As Sete Maravilhas do Mundo Antigo

Fechar

Comentários dos visitantes

Ícone alerta azul

Contribua para um debate inteligente e educado na internet.
Não seja um troll.

Item salvo nos seus favoritos

Nova atualização do site

Pega Title Pega URL